22 jan

Conciliação de cartões: o que é TEF e quais as suas 3 vantagens?

Hoje, a maioria das pessoas abandona as compras em dinheiro em busca do uso de cartões. Nesse cenário, o controle financeiro das receitas é algo crucial para a administração do negócio, pois esse tipo de venda tem características e taxas próprias. Uma das formas de melhorar a qualidade desse processo de gestão é investir na conciliação de cartões.

Esse método utiliza um sistema próprio para gerenciar todo o fluxo de vendas em cartões da loja. Do controle de tarifas a distribuição dos recursos, tudo é feito de modo centralizado e automatizado. Assim, o gestor consegue focar mais nas suas atividades estratégicas e evitar riscos.

Quer saber quais são as três vantagens do sistema de conciliação de cartões pelo TEF? Então, veja o nosso post abaixo!

O que é um conciliador de cartões?

O conciliador de cartões é um sistema utilizado para conciliar as vendas em cartões. Ele cria um ambiente unificado para o gestor financeiro avaliar as tarifas cobradas, o fluxo de receitas, os pagamentos pendentes e as possibilidades de antecipar recebimentos.

Em alguns casos, o conciliador de cartões pode ser integrado ao sistema de gestão da empresa (ERP). Essa abordagem permite ao negócio ter um maior nível de automatização, reduzir erros e economizar tempo e dinheiro. Ou seja, a empresa que investe nessa tecnologia ganha mais capacidade para focar nos clientes e agregar valor aos serviços e produtos.

Quais as principais características da TEF?

Para atender às demandas de empresas com grande fluxo de vendas, o TEF (sigla para Transferência Eletrônica de Fundos) foi criado. Esse é um tipo de software de conciliação de cartões que, além de estar preparado para grandes fluxos de vendas, aceita com várias operadoras de cartão e traz mais confiabilidade para o lojista.

O TEF funciona de modo totalmente automatizado, capaz de identificar a bandeira do cartão, realizar os processos de validação de dados, processar a aplicação de tarifas, autorizar a venda com a operadora e direcionar os dados da compra para uma aplicação interna. Para isso, ele tem três partes fundamentais:

  • TEF House: empresa responsável por criar a aplicação de integração de todas as adquirentes e lidar com eventuais problemas do sistema;
  • Integradora (também conhecida como Softhouse): companhia que trabalha na revenda do sistema da TEF House, auxilia na integração das ferramentas e dá suporte ao cliente;
  • Adquirente: responsável por gerenciar e negociar as taxas administrativas, a integração do TEF nas rotinas de automatização de pagamentos e transações e a antecipação dos pagamentos.

Essa estrutura dá ao TEF um alto nível de confiabilidade. Dessa forma, a aplicação também pode ser utilizada para a centralização e o controle de vendas, a emissão de nota fiscal eletrônica e o envio automatizado das movimentações do negócio para a Receita Federal. Em outras palavras, a companhia pode reduzir boa parte do tempo gasto com rotinas administrativas com essa ferramenta.

Quais as vantagens da conciliação de cartões pelo TEF?

O investimento na conciliação de cartões pelo TEF pode trazer várias vantagens para o lojista. Em conjunto, elas tornam a rotina de gestão de vendas mais segura, ágil e automatizada. Confira os principais benefícios abaixo.

1. Evita vendas com valores incorretos

Erros no processo de venda podem causar grandes prejuízos. Ao utilizar o POS, por exemplo, as chances de falhas ocorrerem são muito maiores. Como esse sistema não é automatizado, em vários momentos a companhia corre o risco de lidar com um erro.

Já no TEF isso não ocorre. A inserção, o compartilhamento e a verificação dos dados são feitos de modo automático. Dessa forma, a companhia terá a certeza de que os registros de venda sempre terão um alto nível de confiabilidade.

2. Possibilita a negociação das taxas

O sistema utilizado para a conciliação de cartões pelo TEF traz a garantia de que o negócio sempre pagará as menores taxas possíveis. A ferramenta dá ao gestor financeiro uma visão mais abrangente sobre como cada operadora de cartão cobra por serviços como a antecipação de receitas.

Dessa forma, o gestor consegue negociar valores e avaliar o melhor momento para realizar o recebimento de pagamentos. Assim, os custos operacionais caem e a companhia consegue ficar mais lucrativa.

3. Permite um gerenciamento mais efetivo

Quando a empresa optar por conciliar os cartões com o TEF, a gestão de vendas ficará muito mais efetiva. Sempre que uma nova compra for realizada, o gestor poderá receber no ERP as informações da venda, as taxas e tributos.

Isso permite um controle muito mais inteligente e abrangente das receitas. O negócio poderá avaliar continuamente as variações de compras, os tributos pagos e a possibilidade de erro. Assim, a gestão financeira poderá ser um trabalho com alta qualidade.

Quando escolher entre POS e TEF?

Como você viu acima, a conciliação de cartões pelo TEF traz várias vantagens. Mas ela é aplicada em todos os cenários?

Há alguns casos em que o negócio pode optar pela venda via POS. Isso ocorre, por exemplo, nos deliveries: as máquinas com essa tecnologia podem ser levadas até o cliente para tornar a compra mais prática.

Porém, quem não realiza entregas (ou as faz com métodos de pagamento online, um meio de compras cada vez mais comum), tem a TEF como principal aliada. Os pagamentos com essa tecnologia tornam, em todos os cenários em que ela é utilizada, mais ágeis, práticos e confiáveis. Assim, a companhia consegue criar um processo de vendas agradável e atraente para o consumidor.

O processo de compra e venda de produtos é um dos principais fatores para fidelizar consumidores. Quando bem estruturado, o negócio pode garantir aos clientes a realização das compras rapidamente e evitar desistências e prejuízos causados por erros.

Nesse cenário, utilizar a conciliação de cartões pelo TEF é uma escolha estratégica. Essa opção pode otimizar toda a rotina de compras, tanto para o cliente quanto para o vendedor e, assim, manter a empresa com alto nível de competitividade: erros e custos caem, o tempo para finalizar uma compra fica menor e a experiência de compra ganha mais qualidade.

Gostou dessa dica? Então compartilhe com os seus contatos nas redes sociais!